Sub-categorias

Notícia

Filma e mostra morte de amigo

Testemunha diz que arguido estava alegre após o crime. Crime ocorreu na Quinta do Conde.
Por Sofia Garcia|06.12.17
Filmou com o telemóvel a agonia de Bruno Rodrigues, que foi espancado até à morte em novembro do ano passado, e depois mostrou aos amigos. A descrição foi feita esta terça-feira, no tribunal de Setúbal, por Frederico Pinto, a primeira pessoa a quem Nuno Calçada, que está a ser julgado pelo homicídio, terá mostrado o vídeo onde se vê Bruno Rodrigues, inanimado, no local do crime, na Quinta do Conde, Sesimbra.

Segundo a acusação, Nuno Calçada e Armando Salles, atraíram o amigo a uma zona de mato, onde o assassinaram devido a uma dívida de 250 euros de Bruno Rodrigues, de 18 anos, pelo fornecimento de produto estupefaciente.
Filma e mostra morte de amigo

Ontem, em tribunal, Frederico Pinto descreveu Nuno Calçada como uma pessoa com predisposição e gosto pela violência, referindo que, pouco depois da morte, o arguido lhe mostrou o filme e que o seu estado de espírito era de alegria. "Ele queria mostrar o vídeo. Estava aflito, mas alegre".

A família do jovem Bruno Rodrigues reclama o pagamento de uma indemnização de 800 mil euros, acrescida de juros à taxa legal contabilizados a partir de novembro de 2016.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub