Sub-categorias

Notícia

Fogos só consumiram 290 hectares este ano

Entre janeiro e outubro de 2016 tinha ardido um total de 5800 hectares na região.
Por Tiago Griff|04.12.17
A região do Algarve registou mais incêndios florestais desde o início do ano do que no mesmo período do ano passado, mas teve uma área ardida consideravelmente menor. A quase metade da totalidade dos hectares ardidos correspondem a apenas duas ocorrências, em Tavira e Loulé.

Os 365 incêndios registados nas fases de perigo Alfa, Bravo, Charlie e Delta, que decorreram entre 1 de janeiro e 31 de outubro deste ano, foram muito superiores aos 271 no mesmo período em 2016. A resposta eficaz dos bombeiros terá sido fundamental para reduzir em muito a área ardida: dos 5801 hectares ardidos durante o ano passado, passou-se para apenas 290 hectares em 2017. "Apenas nove dos incêndios não foram dominados no ataque inicial, ou seja, nos primeiros 90 minutos", realçou Vítor Vaz Pinto, comandante distrital da Proteção Civil.

Dois desses incêndios que não foram prontamente dominados, na zona da Conceição, em Tavira, e no Ludo, em Loulé, corresponderam a cerca de metade da área total ardida, com 140 hectares destruídos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub