Sub-categorias

Notícia

Força Aérea estuda "gestão mista" de meios de combate a fogos com Proteção Civil

CEMFA avisa que a Força Aérea nunca poderá ter os meios de combate, mas poderá gerir contratos.
Por Lusa|09.01.18
O chefe do Estado-Maior da Força Aérea (CEMFA), general Teixeira Rolo, admitiu esta terça-feira que "durante algum tempo" pode haver uma "gestão mista" dos meios aéreos de combate a incêndios florestais.

O general frisou que a Autoridade Nacional de Proteção Civil "já teve autonomia para desenvolver os cadernos de encargos para celebrar os novos contratos para os meios aéreos necessários para os próximos dois anos".

O CEMFA falava em conferência de imprensa para apresentar as prioridades dos ramos militares para 2018, num encontro em que participou também o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!