Sub-categorias

Notícia

Funcionária perde 400 euros de salário

Provedoria emite parecer para verba ser devolvida.
Por Patrícia Lima Leitão|16.05.18
Funcionária perde 400 euros de salário
Foto CMTV
Ana Paula Alves, chefe de serviços administrativos na sede do Agrupamento de Escolas de Felgueiras, recebia o salário através do Ministério da Educação há 30 anos, até à descentralização de competências para a autarquia.

"A Câmara passou a gerir os recursos humanos e eu passei a receber, em 2011, menos 400€ do que o que sempre recebi. Enviaram- -me uma carta a dizer que tinha terminado a minha mobilidade como chefe", referiu a lesada.

A Câmara de Felgueiras não contemplava no mapa de pessoal o cargo que Ana Paula Alves exercia até então desde 2004, e não o ampliou. "Passaram a pagar-me como se eu fosse assistente técnica e eu mantive sempre as funções de chefe", explicou. O processo ainda corre em tribunal. A mulher, de 55 anos, perdeu o caso em primeira instância, mas recorreu. Aguarda agora a decisão do recurso.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!