Fuzileiros ‘caçam’ piratas na Somália

Fuzileiros da fragata portuguesa Vasco da Gama, Navio-Almirante da Força Naval da União Europeia (EU NAVFOR), interceptaram este fim-de-semana uma pequena embarcação com quatro piratas somali que, algumas horas antes, fortemente armados, atacaram no Golfo de Aden, na Somália, o cargueiro MV Ejnan.
21.06.11
  • partilhe
  • 0
  • +

A fragata encontrava-se nas imediações do local do ataque e, depois de alertada pelo comandante do cargueiro, foi no encalce dos piratas, que, após terem percebido que tinham sido detectados, atiraram para o mar algumas armas.

A fragata enviou então um helicóptero e duas lanchas com fuzileiros para interceptarem os piratas, que não ofereceram resistência no momento da abordagem. No barco havia algumas catanas, carregadores e munições de espingardas automáticas AK 47, material este que foi apreendido, bem como a embarcação. Por falta de indícios, os piratas foram apenas entregues na Somália.

 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!