Sub-categorias

Notícia

GNR confessa suborno

Guardas aceitavam dinheiro para perdoar multas.
Por Tiago Oliveira Marques e Magali Pinto|29.11.16
GNR confessa suborno
Militar da GNR, que está a ser julgado em Loures, disse que cometeu um erro Foto Rui Miguel Pedrosa
"A minha mulher estava desempregada. Foi um erro meu." Estas foram as palavras usadas por João Morgado, militar da GNR de Torres Vedras que confessou ter recebido, numa ocasião, dinheiro de um condutor - 200 euros - para fechar os olhos a contraordenações. "Hoje não acho correto. Deixei-me levar na conversa", disse. Ele e mais dois guardas são suspeitos de corrupção.

Os casos remontam a 2013, entre maio e novembro, quando três guardas são suspeitos de terem perdoado multas a troco de dinheiro, refeições ou peixe para levarem para casa.

Esta segunda-feira, no Tribunal de Loures, só João Morgado foi ouvido. Foi ainda confrontado com algumas escutas que fazem parte do processo nas quais surgem conversas entre o militar e os condutores a quem terá perdoado as multas em troca de dinheiro ou refeições.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub