Sub-categorias

Notícia

GNR sequestra no mato e acaba livre da cadeia

Militar e amigo lutador condenados a pena suspensa por sequestro e violação de domicílio.
Por Sérgio A. Vitorino|12.11.17
David Pereira, o militar da GNR de 30 anos que em 2016 foi detido pela PJ de Setúbal por sequestrar e agredir um homem num mato no Seixal, foi condenado a 22 meses de cadeia suspensos por igual período. Jilbergs Gomes, lutador profissional de Artes Marciais Mistas (MMA) que ajudou o GNR, seu amigo dos ginásios, apanhou a mesma pena.

Segundo o acórdão, a que o CM teve acesso, tudo se passou na tarde de 17 de março do ano passado. O militar da GNR e o lutador entraram na habitação de um casal, em Paio Pires, Seixal, "forçando" a porta. Procuravam o homem e revistaram "gavetas da cómoda e o guarda fatos, bem como um roupeiro, um baú, as gavetas das mesas de cabeceira, um móvel no hall e um saco e uma mala que se encontravam debaixo da cama", em busca de algo que o tribunal não apurou.

À chegada da vítima a casa, David Pereira identificou-se mostrando a sua carteira de GNR e, com a ajuda de Jilbergs Gomes, "pela força física" obrigaram o homem a entrar no porta-bagagens do carro do pai do militar. Guarda e lutador arrancaram com a viatura e três minutos depois pararam num mato no sítio de Vale de Rosas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub