Sub-categorias

Notícia

Grupo Lena contesta acusação na Operação Marquês

Vai pedir "a abertura da instrução do processo".
11.10.17
O Grupo Lena, que detém as empresas Lena Engenharia e Construções, SA, Lena Engenharia e Construções, SGPS e Lena SGPS, acusadas na "Operação Marquês", pondera pedir a instrução do processo. Numa nota enviada, a Comissão Executiva do Grupo Lena afirma que vai "analisar, em conjunto com os advogados, o teor da acusação deduzida, sendo praticamente certo" que irão pedir "a abertura da instrução do processo".

"É revelador da consistência das acusações do Ministério Público a enorme discrepância entre as acusações e suspeitas iniciais, em que o Grupo Lena era apresentado e exposto na praça pública como o único corruptor do antigo primeiro-ministro José Sócrates, e as acusações agora concretizadas, em que o Grupo Lena, para o mesmo Ministério Público, tem um papel residual nessa alegada teia de corrupção", refere ainda a nota.

O Grupo Lena considera também que, "pelo conhecimento que tem dos factos, não será possível provar em juízo nenhuma das acusações contra o Grupo Lena, na medida em que nenhuma delas corresponde à verdade, sendo apenas teorias da acusação, sem nenhuma prova que as sustente".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub