Guarda peregrina espanca condutor

Elite do serviço prisional ia de bicicleta para Fátima.
Por Sérgio A. Vitorino|12.01.18
Doze guardas da elite das cadeias, o Grupo de Intervenção e Segurança Prisional (GISP), viram o Tribunal da Relação de Coimbra confirmar a pena de multa por espancarem um condutor alcoolizado que abalroou um deles, quando seguiam de bicicleta em peregrinação para o Santuário de Fátima. Mas foram absolvidos da indemnização por injúria a que estavam condenados.

Segundo o acórdão, a que o CM teve acesso, os guardas de Santa Cruz do Bispo seguiam na EN109, em Pombal, para a peregrinação de outubro de 2014, quando o condutor, de 57 anos e com 1,46 g/l de álcool no sangue, atingiu um deles numa ultrapassagem, ferindo-o.

Foi cercado e agredido dentro do carro com "murros na cabeça, face e tronco".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!