Homicidas Rosa Grilo e Diana Fialho tornam-se amigas na cadeia de Tires

Suspeitas das mortes de Luís Grilo e Amélia Fialho partilham o mesmo estabelecimento prisional e tornaram-se confidentes.
10.10.18
Rosa Grilo, suspeita de ter assassinado o marido triatleta Luís Miguel Grilo, e Diana Fialho, suspeita da morte da mãe adotiva, ter-se-ão tornado amigas no Estabelecimento Prisional de Tires, onde ambas se encontram em prisão preventiva.

A informação é avançada pelo jornal digital Cascais24, que garante que as duas passam cerca de uma hora juntas no recreio, afastadas das restantes presidiárias.

Rosa Grilo, de 42 anos, é a principal suspeita da morte do marido em conluio com o amante, António Joaquim.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!