Sub-categorias

Notícia

Ilegal há 17 anos viola a enteada

Mulher de 31 anos sofre de trissomia 21 e tem défice cognitivo.
Por Sérgio A. Vitorino|21.04.17
Ilegal em Portugal desde 2000 e alvo de uma ordem de expulsão do País, nunca cumprida, desde 2009, o homem violou duas vezes, no início de 2016, a enteada, uma mulher de 31 anos que sofre de trissomia 21 (síndrome de Down) e tem um elevado défice cognitivo. Os crimes ocorreram em Almada e o violador, de 43 anos, fugiu assim que a vítima denunciou o caso. Foi agora detido pela PJ de Setúbal. Ficou ontem em prisão preventiva.

Segundo apurou o CM junto de fonte policial, o homem, natural de um país africano de língua portuguesa, tem já uma longa ficha na justiça portuguesa. Foi detido por roubos armados e cumpriu pena efetiva de prisão.
Viveu durante seis anos com a mãe da vítima, na zona de Almada, até que, no início de 2016, em dois dias consecutivos, violou brutalmente a enteada.

Os crimes ocorreram no carro do suspeito - que nem sequer tinha carta de condução por estar totalmente ilegal - quando este transportava a vítima entre a casa de uma madrinha e a habitação onde viviam os três. Conduziu a viatura até um local ermo e consumou as violações. Os atos foram brutais e o homem praticou-os apesar da resistência da vítima - a mulher, apesar das limitações físicas e cognitivas, disse-lhe várias vezes para parar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub