Sub-categorias

Notícia

Bombeiros sentem falta dos Governos Civis na prevenção e no combate aos incêndios

Passagem das competências do governador civil para o comandante operacional distrital "acabou por ser um pouco artificial" e "carecia até de alguma atualização".
Por Lusa|17.07.17

Associações de bombeiros voluntários e profissionais afirmam sentir falta dos Governos Civis na organização da Proteção Civil para a prevenção e combate aos incêndios, manifestando-se contra a extinção deste órgão da administração pública que existia em cada distrito.

"Passar as competências que eram do governador civil, no caso concreto da Proteção Civil, para o comandante distrital de operações de socorro [CODIS] é que, eventualmente, não foi a melhor opção", declarou à Lusa o presidente da Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários (APBV), Rui Silva.

No seu entender, a passagem das competências do governador civil para o comandante operacional distrital "acabou por ser um pouco artificial" e "carecia até de alguma atualização", uma vez que o CODIS "não tem competências políticas, tem só competências operacionais".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub