Sub-categorias

Notícia

Indemnização a vítimas de fogos deve ser paga “de imediato”

Associação diz que há quem não consiga pagar despesas básicas.
Por Paula Gonçalves|03.12.17
As indemnizações aos familiares das 45 vítimas mortais dos incêndios florestais de outubro devem ser pagas "de imediato", defende Luís Lagos, presidente da Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal, referindo haver pessoas que não estão a conseguir suportar despesas básicas. "Se o valor mínimo de 70 mil euros está definido, então é pagar já", afirma.
Seis vítimas dos fogos correm risco de vida


A urgência justifica-se pela situação no terreno, onde se tem deparado com casos de "grande angústia financeira", a somar a "uma enorme dor emocional pela perda de familiares".

É o caso de um jovem de Oliveira do Hospital que perdeu os pais no fogo: "Tinha a vida organizada à volta de um núcleo familiar que desapareceu. Fizeram compras a pensar no rendimento conjunto que deixou de existir e não conseguem agora fazer face às despesas".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub