Sub-categorias

Notícia

Investigados maus-tratos na Casa dos Rapazes

Jovens entre os 11 e os 15 anos terão sido agredidos e castigados nos últimos anos.
Por Aureliana Gomes e Manuel Jorge Bento|09.10.17
Seis funcionários da Casa dos Rapazes de Viana do Castelo estão indiciados do crime de maus-tratos a menores da instituição que acolhe 46 rapazes. O caso terá sido denunciado em abril por educadores. Os técnicos terão agredido, humilhado e castigado alguns alunos. Quatro dos jovens, entre os 11 e os 15 anos, foram já colocados noutra instituição, confirma a Procuradoria-Geral da República. A 24 de maio, o caso foi denunciado à Segurança Social.

Uma vez por semana, a equipa técnica e educativa da instituição reunia-se com as crianças. Num vídeo registado em outubro de 2015, vê-se um dos rapazes a ser interrogado por ter dito "pu..." e um coordenador a bater-lhe na cabeça. No mesmo vídeo, a atual diretora técnica explicou ao menor que deveria usar a palavra "prostituta".
Investiga maus-tratos na Casa dos Rapazes


A situação ter-se-á agravado no início deste ano, depois de a nova diretora técnica ter assumido funções. Nas reuniões da equipa, técnicos e educadores terão sido informados que poderiam recorrer a "práticas de controlo do comportamento", usando insulto verbal, humilhação e castigo. Com o tempo, alegadamente, a violência verbal e física tornou-se na forma de lidar com a experimentação sexual dos rapazes. Os suspeitos continuam a trabalhar na instituição e estarão a pressionar os jovens para alterar a versão dos factos. O Correio da Manhã procurou esclarecimentos junto da direção, no local. Apesar de várias tentativas, ninguém se mostrou disponível.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub