Sub-categorias

Notícia

Irmãos com metade do lucro da empresa 365

Operação Punho Cerrado tem 22 arguidos.
Por I.J.|12.01.18
A ‘parceria’ entre as empresas de segurança privada 365 e Lexsegur foi esta quinta-feira explicada em tribunal por um dos arguidos detidos no âmbito da operação Punho Cerrado, da PSP de Leiria.

Em causa está a atividade de um grupo perigoso, liderado por dois irmãos de Leiria, que impunha pela violência segurança privada  a casas de diversão noturna.

Manuel Augusto dos Santos, gerente da 365, disse que a parceria já existia quando entrou para a empresa e afirmou desconhecer a "forma de trabalhar" dos irmãos Paulo e Jónatas Miguel, que recebiam 50 por cento dos lucros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub