Sub-categorias

Notícia

Jovem portuguesa planeava juntar-se ao Daesh

Madeirense queria casar com muçulmano radicalizado.
17.10.16
Uma jovem madeirense de 18 anos, atualmente a residir em Lisboa onde frequenta a universidade, foi interrogada pela Polícia Judiciária por suspeitas de ligações ao Daesh, noticia o Expresso.

Segundo o semanário, a jovem aderiu à rede social Ask-book, onde conheceu um muçulmano radicalizado com quem planeava casar. Converteu-se ao Islão e ponderava viajar para territórios do Daesh.

De acordo com o jornal, a jovem assustou-se e desistiu da ideia. Não se sabe se foi constituída arguida.
Nesta rede social foi também possível perceber o perfil da rapariga e a relação de amizade que travou com outras jovens radicalizadas.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Economia

Vice de Angola protege procurador no BCP

Vice de Angola protege procurador no BCP

Acusação do Ministério Público revela que Orlando Figueira só continuou a exercer funções no banco porque a contratação tinha sido feita a pedido do vice-presidente de Angola.

pub