Jovem reduz seios e pede 50 mil euros

Peito não ficou simétrico.
Por Ana Isabel Fonseca|29.06.15
  • partilhe
  • 0
  • +
Jovem reduz seios e pede 50 mil euros
Tribunal de Famalicão ilibou médico e clínica e decisão foi confirmada na Relação Foto DR
A jovem, de 21 anos, sofria de dores constantes por ter os seios muito volumosos. Em março de 2006, submeteu-se a uma cirurgia para reduzir o tamanho do peito, mas o resultado não foi o esperado: não ficou simétrico e, além disso, os mamilos ficaram com posicionamento errado. A paciente recorreu para a Justiça e pedia 50 mil euros de indemnização, mas o Tribunal de Vila Nova de Famalicão – cidade onde a jovem reside – absolveu o médico e a clínica.

A decisão foi agora confirmada pelo Tribunal da Relação do Porto, que, no acórdão, considera que há responsabilidade da paciente no resultado da operação. Os juízes dizem que as especificidades do tipo e cor de pele dificultaram o processo de cicatrização e consideram ainda que os resultados da operação não foram assim tão graves.

"Mesmo que, aos 20 anos de idade, a simples queda de um fio de cabelo possa representar, em certos casos, um enorme abalo na autoestima, essas reações extremas não são comuns à média das pessoas", justificam os juízes, que entendem que o médico e a clínica da Póvoa de Varzim não foram negligentes. Sublinham ainda, na decisão, que a jovem não foi às consultas durante dois anos, pelo que o médico não conseguiu ter a certeza de que aquela teve os cuidados devidos no pós-operatório.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!