Sub-categorias

Notícia

Julgamento do processo "Punho Cerrado" começa esta quinta-feira

21 pessoas e uma sociedade estão acusadas de associação criminosa, extorsão e exercício ilícito da atividade de segurança privada.
Por Lusa|11.01.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Tribunal Judicial de Leiria começa esta quinta-feira a julgar o denominado processo "Punho Cerrado", em que 21 pessoas e uma sociedade estão acusadas de associação criminosa, extorsão e exercício ilícito da atividade de segurança privada, entre outros ilícitos.

A acusação envolve também os crimes de coação e coação agravada, ofensa à integridade física qualificada, ameaça e ameaça agravada, exercício ilícito da atividade de segurança privada, detenção de arma proibida e violência doméstica.

Segundo o Ministério Público, em 2015 e 2016, nos distritos de Leiria e Coimbra, os arguidos, "inseridos numa estrutura criminosa, visaram forçar possuidores de determinados estabelecimentos, sobretudo de diversão noturna, a celebrarem contratos de prestação de segurança privada, fixando os preços, as condições de serviço, o meio de pagamento e a quantidade de segurança, os quais acatavam com receio de sofrerem represálias".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Portugal

Ladrão de esmolas perdoado

Ladrão de esmolas perdoado

Cadastrado assaltou caixas de esmolas do Santuário de Santa Luzia, no Fundão, em dezembro de 2015.

Portugal

Hemorragia fatal para recluso

Hemorragia fatal para recluso

Hans Hasler, preso no Estabelecimento Prisional de Lisboa, começou a sentir-se mal na terça-feira de manhã.

pub