Sub-categorias

Notícia

Líder associativo da GNR denunciado

José Alho não terá apresentado comprovativos das despesas que efetuou no ano passado.
Por M.C. e J.C.R.|18.05.17
A contestação a José Alho, presidente da Associação Sócio-Profissional Independente da GNR (ASPIG), continua. Um outro dirigente da ASPIG disse ao CM que o líder não apresentou comprovativos das despesas que efetuou no ano passado.

António Marques, secretário regional da ASPIG, diz ainda que a mesma comunicou "ao Governo ter 1400 sócios, quando não passa dos 280. O dirigente revelou mesmo ter já pedido audiências à ministra da Administração Interna e ao comandante da GNR.

Contactado pelo CM, José Alho disse que estas acusações só lhe "merecem risos e gargalhadas".


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub