Arraial na Madeira onde morreram 13 pessoas "não tinha plano de emergência"

Vítimas mortais foram atingidas por árvore, no dia 15 de agosto de 2017, no Funchal.
Por Lusa|12.02.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O comandante dos Bombeiros Sapadores do Funchal, José Minas, disse hoje não existir para o arraial do Monte, onde morreram 13 pessoas em 2017, ou para outros arraiais qualquer plano de emergência, o qual é solicitado pelo promotor.

"Nunca houve plano de emergência por parte dos bombeiros no arraial do Monte, nem em nenhum arraial no Funchal", disse, na audição parlamentar sobre a queda de uma árvore de grande porte a 15 de agosto de 2017.

José Minas realçou haver "imensos eventos que não têm plano de emergência, que é da responsabilidade do promotor".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!