Mais 53 mortos e 2000 feridos nas estradas portuguesas

Subida de 13% no número de mortes revela inversão na tendência da última década.
Por João Carlos Rodrigues|05.12.17
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
"Falta de fiscalização nas estradas", "fim da crise económica", "falhas nos planos de prevenção", "mau ensino nas escolas de condução". Explicações que não ocultam um brutal aumento da sinistralidade.

Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouClique para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje.
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica (0.60€ + IVA). Se já tem código, insira-o.
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!