Sub-categorias

Notícia

Mata mulher e fica 15 anos na prisão

Juiz destacou a frieza do crime e o sofrimento do filho do casal.
Por Aureliana Gomes|11.01.18
O depoimento do filho de José Costa - que matou a mulher à facada, a 25 de março do ano passado, em Esmoriz, Ovar - e a confissão do arguido foram fundamentais para a decisão do coletivo de juízes do Tribunal de Aveiro, que deu como provados todos os factos da acusação.

O arguido, de 50 anos, foi condenado, em cúmulo jurídico, a 15 anos e meio de prisão por um crime de homicídio qualificado e outro de posse de arma proibida.

"Foram confirmados todos os factos da acusação, nomeadamente pelo filho, muito sofrido pela morte da mãe, mas que nunca deixou de apoiar o pai", disse, ontem, o juiz presidente Raul Cordeiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!