Sub-categorias

Notícia

"Mataram um inocente"

Pais de Marlon Correia estavam destroçados. Colegas da equipa de futebol choraram. Padre falou às autoridades.
08.05.13
  • partilhe
  • 0
  • 6
"Mataram um inocente"
Foto Nuno Fernandes Veiga

Jacinto Correia pisa demoradamente as capas negras estendidas na escadaria da igreja de Arcozelo, em Gaia. Passo a passo recorda o filho, as últimas palavras trocadas. É um homem destruído. Carrega no coração uma dor imensa. As noites têm sido passadas em claro. Ainda acredita que Marlon vai entrar pela porta de casa, de sorriso rasgado de orelha a orelha. A multidão presente ontem no funeral do jovem, de 24 anos - assassinado no recinto da Queima das Fitas - deu-lhe uma certeza: Marlon nunca será esquecido.

"Não sabemos o que aconteceu, sabemos sim que mataram um inocente. Nesta altura não posso deixar de me dirigir às autoridades. A impunidade tem de terminar em Portugal. É preciso que se pare e pense. Por que é que isto acontece? Como se pode parar?", disse o padre José Branco durante a missa.

A cerimónia começou às 10h30 e contou com mais de mil pessoas. O caixão de Marlon Correia entrou na igreja às mãos dos colegas do Sporting Clube de Arcozelo. Ao pisarem as capas negras, sobre as quais foram colocadas rosas, os colegas que tantas vezes partilharam o campo com Marlon choraram.

Qual é o seu nível de satisfação ao ler esta notícia?
  • Muito insatisfeito
  • Muito satisfeito
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
6 Comentários
  • De Fernando09.05.13
    tenho muita pena que este crime não sirva de exemplo para as autoridades judiciais aqui no norte começarem a fazer uma limpeza mas séria aos meandros da noite/crime no Porto e provarem que ainda há lei e é para cumprir
    Responder
     
     0
    !
  • De Torque08.05.13
    Enquanto as molduras penais que foram feitas para salvaguardar políticos e vigaristas de colarinho branco, não forem alteradas, os bandidos sabem que gozarão de alguma impunidade.
    Responder
     
     19
    !
  • De patricia08.05.13
    muitas pessoas falam em a festa continuou, eu acho muito bem que tenha continuado, acho que se ele gostava das festas, onde quer que marlon esteja ele ia ver que todos se divertem, não esquecendo o que se passou.
    Responder
     
     30
    !
  • De saravá08.05.13
    E a festa continuou. Que desprezo pela vida humana e ainda mais por um inocente que tentou salvarguardar o que pertencia à festa. Espero que a sua estrela brilhe e que conforte o coração dos seus pais e irmão.
    Responder
     
     50
    !
  • De António08.05.13
    Inacreditável foi a Queima das Fitas ter prosseguido! A federação académica do Porto preferiu a festarola e o negócio à solidariedade! Que vergonha!
    Responder
     
     96
    !

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub