Sub-categorias

Notícia

Supremo mantém suspensão de Rangel e Galante e proíbe-os de contactar arguidos

Juízes desembargadores são arguidos na Operação Lex.
14.02.18
Supremo mantém suspensão de Rangel e Galante e proíbe-os de contactar arguidos
As medidas de coação a aplicar aos juízes desembargadores Rui Rangel e Fátima Galante, arguidos na Operação Lex, foram conhecidas esta quarta-feira no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), onde decorre o inquérito. Os juízes mantém-se suspensos de funções e estão proibidos de contactar alguns arguidos. Rangel viu ainda o seu passaporte ser apreendido.

Os dois juízes desembargadores do Tribunal da Relação de Lisboa Rui Rangel e Fátima Galante estão indiciados por corrupção/recebimento indevido de vantagens, branqueamento, tráfico de influência e fraude fiscal.

Tanto Rui Rangel como Fátima Galante foram suspensos preventivamente das suas funções pelo plenário do Conselho Superior da Magistratura, que também suspendeu a promoção ao Supremo Tribunal de Justiça de Fátima Galante

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub