Sub-categorias

Notícia

Milhões de Angola lavados em Lisboa

Poderosos de Luanda suspeitos de branqueamento de capitais.
Por João Carlos Rodrigues|12.01.18
Milhões de euros de origem suspeita, na posse da cúpula do regime angolano, passaram nos últimos anos por bancos portugueses, num esquema que permitiu aos homens de maior confiança do ex-presidente José Eduardo dos Santos ‘lavar’ dinheiro em Portugal, com recurso a testas de ferro, para evitar a Justiça dos dois países.

Muitos destes montantes foram apurados na operação Fizz, quando magistrados e investigadores da Judiciária apreenderam documentos confidenciais no escritório do advogado Paulo Blanco.

De acordo com a revista ‘Sábado’, esses documentos mostram que só o ex-vice-presidente Manuel Vicente recebeu 10 milhões por ano, de 2007 a 2010, da Sonangol. A compra de um apartamento por 3,8 milhões de euros, no Estoril, levantou suspeitas de lavagem de dinheiro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!