Sub-categorias

Notícia

Militares acusados de perdoar multas podem regressar ao serviço

Homens começaram a ser julgados esta segunda-feira.
17.10.16
  • partilhe
  • 3
  • +
Militares acusados de perdoar multas podem regressar ao serviço
Arguidos continuam a ser julgados no tribunal de Loures no próximo dia 31 Foto David Martins/Correio da Manhã
Três militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Torres Vedras acusados de perdoarem multas a automobilistas a troco dinheiro e que começaram esta segunda-feria a ser julgados podem decidir se regressam ao serviço a partir de terça-feira.

Os três militares, dois cabos e um guarda da GNR, foram suspensos de funções por estarem indiciados por crimes de corrupção passiva, alegadamente ocorridos entre maio e novembro de 2013.

Contudo, no início do julgamento, que arrancou esta tarde no tribunal da Comarca de Lisboa Norte, em Loures, o presidente do coletivo de juízes comunicou aos três arguidos que o prazo para a determinação da suspensão de funções vai esgotar-se no final do dia de hoje.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub