Sub-categorias

Notícia

Ministério Público alerta com violência doméstica

Magistrados estão atentos a este tipo de crime e estudam as penas aplicadas aos arguidos.
Por Manuel Jorge Bento|14.01.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Ministério Público alerta com violência doméstica
Procuradoria do Porto quer publicitar decisões do Tribunal da Relação em matéria de violência doméstica Foto Eduardo Martins
Publicitar e continuar a análise alargada de todas as decisões do Tribunal da Relação do Porto em matéria de violência doméstica, com o objetivo de divulgar um estudo sobre as penas aplicadas neste tipo de criminalidade, é um dos objetivos da Procuradoria-Geral Distrital do Porto para 2018. As metas foram traçadas no âmbito da estratégia do Ministério Público para este ano judicial.

A procuradoria, liderada pela magistrada Maria Raquel Ferreira, prevê também aprofundar a articulação entre os representantes do Ministério Público da área criminal e da área da família e crianças no âmbito dos casos de violência doméstica, abusos sexuais e maus-tratos a menores.

No entanto, a restante criminalidade não é colocada de parte pela Procuradoria-Geral Distrital do Porto, que prevê para este ano a realização de diversas ações de formação, entre as quais uma dedicada ao cibercrime, ministrada por Pedro Verdelho, procurador coordenador do Gabinete do Cibercrime. É também objetivo para este ano a manutenção das redes de magistrados especializados, de forma a potenciar a eficácia e celeridade da investigação de casos dos chamados crimes de colarinho branco (área económico-financeira), criminalidade violenta e altamente organizada, e recuperação de ativos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Portugal

Ladrão de esmolas perdoado

Ladrão de esmolas perdoado

Cadastrado assaltou caixas de esmolas do Santuário de Santa Luzia, no Fundão, em dezembro de 2015.

Portugal

Hemorragia fatal para recluso

Hemorragia fatal para recluso

Hans Hasler, preso no Estabelecimento Prisional de Lisboa, começou a sentir-se mal na terça-feira de manhã.

pub