Sub-categorias

Notícia

Ministério Público vai notificar Miguel ao treino

DIAP de Lisboa envia acusação para Valência.
03.02.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Ministério Público vai notificar Miguel ao treino
Clube é a única morada de Miguel em Valência que a polícia portuguesa conhece Foto Pedro Ferreira/Record

Acusado pela autoria de três tiros disparados junto à discoteca RS Dreams, no Seixal, a 26 de Dezembro de 2009, Miguel ainda não está notificado do despacho do Ministério Público, do último dia 26 de Janeiro. Nem a PSP o constituiu arguido, logo na noite do crime, apesar de todas as suspeitas que existiam. Não prestou Termo de Identidade e Residência – e agora o DIAP de Lisboa terá de pedir ao Ministério Fiscal (equivalente em Espanha ao MP) que vá notificar o jogador do Valência num treino do clube, a única morada sua que as autoridades portuguesas conhecem na cidade espanhola.

Esta diligência será cumprida pela polícia de Valência, depois de o MP enviar um pedido de notificação formal, por carta rogatória. Isto porque, até ao dia em que o jogador for notificado da acusação por detenção ilegal de arma, crime pelo qual arrisca até cinco anos de cadeia, o seu processo não anda. Os seus advogados terão o direito de conhecer o documento e de o contestar, pela abertura de instrução do processo, tentando evitar um julgamento.

A prova, conforme o CM avançou na terça-feira, é testemunhal e pericial: três pessoas que garantem ter visto Miguel a disparar e os vestígios de pólvora que a polícia recolheu na altura das mãos do atleta.

Para já, a acusação a Miguel terá de ser separada da acusação a sete dos seus amigos, do grupo de Chelas, em Lisboa, por outros crimes – como roubo e sequestro, num outro caso que não envolve o jogador. Isto para que a demora no processo de Miguel não vá atrasar o processo dos outros arguidos: alguns estão em prisão preventiva e, nestes casos, terão de ser cumpridos prazos.

Em Espanha, a notícia do CM sobre a acusação a Miguel teve repercussões na principal imprensa generalista (‘El Mundo’) e desportiva (‘Marca’ e ‘AS’). Já o presidente do Valência, Manuel Llorente, limitou-se ontem a dizer que está "contente com o comportamento desportivo" do atleta.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub