Moradores de Camarate exigem manter Correios

CTT anunciaram o encerramento de 22 estações em todo o País no âmbito do plano de reestruturação.
Por Francisca Genésio|12.01.18
Moradores de Camarate exigem manter Correios
Foto Tiago Sousa Dias
Mais de meia centena de utentes da estação dos Correios de Portugal (CTT) em Camarate, concelho de Loures, protestaram ontem contra o fecho da loja. Em causa está o anúncio do encerramento de 22 estações dos CTT, em todo o País, já confirmado pela empresa, no âmbito do plano de reestruturação.

"Esta estação tem um movimento de cerca de 200 pessoas por dia, é um local onde muitos idosos se deslocam para virem buscar as pensões e até para pagarem contas. É também utilizada por pequenas e médias empresas. Ou seja, aqui não há a questão da falta de procura dos serviços", disse ao Correio da Manhã Fernanda Santos, porta-voz da Comissão de Utentes dos Serviços Públicos da União de Freguesias de Camarate, Unhos e Apelação.

Um facto que Alcino Simão, utente assíduo da estação dos CTT de Camarate confirma: "Esta estação até tem afluência demais. Por vezes, demoro horas a tratar dos assuntos porque há sempre muita gente". A estação de CTT mais próxima de Camarate fica a cerca de três quilómetros, em Sacavém.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!