Sub-categorias

Notícia

Mosteiro de Rendufe quer acessos para todos

Associação reclama criação de corredor para que pessoas com mobilidade reduzida possam visitar património.
Por Fátima Vilaça|11.10.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Mosteiro de Rendufe quer acessos para todos
Escadas de acesso ao adro da igreja e do Mosteiro de Rendufe impedem acesso de pessoas com mobilidade reduzida Foto Direitos Reservados
O objetivo é que todas as pessoas, sem exceção, possam visitar o Mosteiro de Santo André de Rendufe. É para nós uma vergonha o acesso ao adro e à igreja não ter uma rampa." Quem o diz é José Antunes, presidente da Associação de Amigos do Mosteiro de Rendufe, em Amares, que, há vários anos, reclama a colocação de uma rampa de acesso ao edifício que é património classificado.

"É uma questão essencial para nós, que seria resolvida com a colocação de uma simples rampa. Lamentamos que seja o próprio Estado a dar aqui o mau exemplo, ao não dotar um edifício público muito procurado de acesso para pessoas com mobilidade condicionada", sustenta José Antunes, sublinhando que a reclamação, que já é do conhecimento da Direção Regional de Cultura do Norte, é feita não só pela Associação, mas também pela Junta de Freguesia e a paróquia de Santo André de Rendufe.

Recentemente, uma delegação de Amares reuniu com o ministro da Cultura, em Lisboa, para lhe dar conta da urgência em realizar obras de beneficiação e substituição da cobertura da igreja. A colocação da rampa foi um dos temas do encontro, mas até agora não foi arranjada qualquer solução. "Vemos muito tempo a passar para que uma simples rampa seja ali colocada", lamenta José Antunes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub