Sub-categorias

Notícia

“Não estive à altura do desafio”, diz Pedro Bourbon

Bruxo da Areosa diz que Bourbon “manda". Vítima da Máfia de Braga foi estrangulada em armazém.
Por Ana Isabel Fonseca|10.10.17
A escuta telefónica que trama Pedro Bourbon no processo da morte do empresário João Paulo Fernandes tinha quatro minutos em falta. Um lapso levou a que a conversa nunca tivesse sido totalmente transcrita ou ouvida.

Essa parte da escuta foi esta segunda-feira ouvida no Tribunal de São João Novo, no Porto, e nela Emanuel Paulino, o bruxo da Areosa também arguido, diz que é Pedro Bourbon que "manda". Referia-se à venda dos imóveis dos pais da vítima, bens dos quais se tinham apoderado.

A afirmação é feita depois de o bruxo falar do afastamento entre ambos. Diz a Bourbon que não será definitivo, pois no futuro têm negócios para resolver. "‘Tás’ a falar tipo: há coisas daqui para a frente que é como se eu não estivesse... pronto, que não estou por dentro, estou por fora", diz Pedro Bourbon. Paulino é claro. "Mas tu mandas na mesma", afirma.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub