Sub-categorias

Notícia

Obras no Forte da Barra vão custar seis milhões

Instalações mostram sinais de abandono e foram vandalizadas com grafíti nas muralhas e no interior.
Por Francisca Genésio|12.02.18
Obras no Forte da Barra vão custar seis milhões
Forte de São João da Barra, edificado durante a ocupação filipina, foi relevante na Restauração da Independência Foto Direitos Reservados
As obras de reabilitação do Forte de Santo António da Barra, em São João do Estoril, Cascais, deverão demorar cerca de um ano e meio e vão custar mais de seis milhões de euros, segundo estimativas da câmara municipal.

O edifício foi visitado no sábado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e pelo ministro da Defesa, José Azeredo Lopes, por iniciativa do Chefe de Estado, que quis "confirmar as obras de recuperação, inicialmente orçadas em dois milhões de euros", explicou o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras. Depois da visita do Presidente da República, o autarca espera que o processo de cedência do edifício, que se encontra atualmente sob a alçada do Ministério das Finanças, se desenrole de forma mais rápida. Carlos Carreiras já havia alertado para o estado avançado de degradação do antigo forte militar. O edifício mostra sinais de abandono e foi vandalizado, com grafíti nas muralhas, no seu interior, incluindo na capela e nos quartos.

O autarca garantiu que tem condições para assegurar os custos das obras e que assim que estiver concretizada a cedência administrativa das instalações, o município tem equipas preparadas para dar início às obras de recuperação do espaço.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub