Sub-categorias

Notícia

Sócrates só tinha uma conta no banco e o saldo era negativo

Vida de luxo não era compatível com os rendimentos oficialmente declarados pelo antigo primeiro-ministro.
13.10.17
José Sócrates tinha apenas uma conta bancária em seu nome. Aberta em 1996 no balcão da Caixa Geral de Depósitos do Calhariz (na Calçada do Combro), era ali que recebia "as verbas oriundas do seu vencimento", quer enquanto deputado, quer durante o período em que foi primeiro-ministro (entre março de 2005 e junho de 2011).
Sócrates só tinha uma conta no banco e o saldo era negativo

A investigação a esta conta permitiu ao Ministério Público perceber que era frequente Sócrates ficar com saldo negativo. Os gastos eram quase sempre superiores aos rendimentos declarados. 
Viagens, roupa, jantares, telemóveis, ginásio, encargos com os filhos e o condomínio do apartamento na rua Castilho custavam milhares de euros todos os meses.

De acordo com a acusação, a solução para os problemas de liquidez passava por "transferências individualmente inferiores a 10 mil euros e apenas com origem em familiares", no caso o primo, um tio e a mãe, intermediária nos montantes provenientes de Carlos Santos Silva. Os empréstimos contraídos junto do banco público serviam para ocultar o esquema - eram amortizados depois com o dinheiro oferecido pela mãe.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De pdrotogy13.10.17
    Os ingleses tem um expressaoão: "too good to be truth".
1 Comentário
  • De pdrotogy13.10.17
    Os ingleses tem um expressaoão: "too good to be truth".
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub