PAI DIZ QUE NÃO SABIA ONDE ELA MORAVA

O pai de Joana, Paulo Guerreiro, diz ter sido “apanhado completamente de surpresa” pelo desaparecimento da filha, salientando que “nem sequer sabia onde ela morava, dado que a mãe anda sempre de um lado para o outro”.
21.09.04
  • partilhe
  • 0
  • +
Ao CM, o progenitor afirma ter esperança de que a filha “esteja bem” e confessa que já lhe passou pela cabeça a possibilidade de ela ter ido “com alguém da família da mãe”. Paulo Guerreiro, residente em Lagoa e pai de mais dois filhos, reconhece que tinha “pouco contacto com a filha”. Este Verão, o pai garante que se deslocou ao local onde pensava que a filha ainda morava (Porches) para ir buscá-la, mas já lá não a encontrou. “Eu desconhecia que ela estava a viver na Figueira”, frisa o progenitor, que diz só ter tomado conhecimento do desaparecimento, ocorrido a 12 passado, no dia seguinte.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!