Sub-categorias

Notícia

Pai raptor regressa à Polícia Marítima

Paulo Guiomar, em liberdade condicional, foi reintegrado mas sem arma de serviço.
Por Magali Pinto|21.04.17
Maria Alice tinha apenas sete anos quando o pai, na altura agente da Polícia Marítima de Faro, a raptou e levou para Liège, na Bélgica. O caso remonta ao ano de 2012. Durante dois anos, a menina viveu num sótão, não ia às aulas e foi impedida de sair à rua.

Pai raptor regressa à Polícia Marítima
Paulo Guiomar foi detido e acabou condenado a três anos e dois meses de prisão por sequestro agravado.

Cumpridos os dois terços da pena, já está a gozar a liberdade condicional e regressou ao trabalho. Foi-lhe retirada a arma de serviço, mas o Comando-Geral da Polícia Marítima integrou-o no apoio dos serviços administrativos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 21.04.17
    Que idoneidade tem este homem para trabalhar na policia, ainda que em serviços administrativos?! <br/>Inaceitável. <br/>Tem de ser expulso. <br/>Na policia não podem estar criminosos, ponto.
1 Comentário
  • De  Anónimo
    Que idoneidade tem este homem para trabalhar na policia, ainda que em serviços administrativos?!
    Inaceitável.
    Tem de ser expulso.
    Na policia não podem estar criminosos, ponto.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub