Sub-categorias

Notícia

Pais pedem a professores que reconsiderem greve

A Federação Regional de Lisboa das Associações de Pais (FERLAP) mostrou-se preocupada com a marcação de greves dos professores para os dias em que se realizam exames nacionais.
04.06.13

Apesar de "compreender" os motivos que levaram os professores a avançar com as greves, que decorrem entre 07 e 14 de junho, e a 17 [greve geral], a FERLAP entende que as paralisações em época de exames deveriam ser reconsideradas pelos sindicatos.

Em comunicado, a federação diz que "não está contra o exercício de um direito" à greve e manifestou disponibilidade para dialogar com os sindicatos.

A FERLAP "encontra-se obviamente disponível para conversar e nas suas limitações tentar contribuir para encontrar uma solução para o grande problema que é a educação em Portugal".

No comunicado, a FERLAP salienta que se os professores reconsiderarem a posição, estarão a colocar "em primeiro lugar a razão da sua existência: os alunos".

No entender da Federação de Pais, os alunos "não devem pagar pelas más políticas deste e de outros governos".

Os professores decidiram fazer greve às avaliações e ao primeiro dia de exames do ensino secundário, a 17 de junho, estando em curso um processo para definir serviços mínimos, dada a falta de acordo entre as partes.

Os docentes protestam contra a aplicação da mobilidade especial aos professores, despedimentos e o aumento do horário de trabalho para as 40 horas.

A Federação Nacional de Professores (FENPROF) já disse que caso as greves às avaliações, que decorrem entre 7 e 14 de junho, e a greve geral dos professores (a 17) não surtam efeito, serão entregues novos pré-avisos "até ao tempo que for preciso".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
17 Comentários
  • De manny lifumba05.06.13
    Greve para que fim?Para os pais começarem a educar os filhos?Para mais ordem dentro das salas de aula?Ou para despedir os maus professores e expulsar os alunos insurretos? Os bons alunos tb devem ter direitos
    Responder
     
     0
    !
  • De Um professor05.06.13
    A greve é justamente pela qualidade de ensino para os vossos filhos.
    Responder
     
     1
    !
  • De Ana Martins05.06.13
    Mtos pais já fizeram greve,causando prejuízos.E fizeram bem pq a greve é 1 direito do trabalhador explorado q pretende melhorar a vida.Mas agora vêm pedir impossíveis a quem tb é trabalhador!PROFESSOR NÃO É MISSIONÁRIO!
    Responder
     
     1
    !
  • De vitor silva05.06.13
    porque é que tem horario igual ao privado não lhes chega as regalias que só eles tem não trabalham nem descontam para isso quando trabalharem e descontarem como os privados então tem direito a reclamarem
    Responder
     
     1
    !
  • De manuel04.06.13
    E o resto não conta?
    Responder
     
     1
    !