País vai ter roteiro para bicicletas

Criar um roteiro com as melhores vias para andar de bicicleta em Portugal é o objectivo de mais um projecto de Paulo Guerra dos Santos, que este domingo partiu da Torre de Belém, em Lisboa, para uma viagem a pedalar até Monsaraz.
22.05.11
  • partilhe
  • 0
  • +
País vai ter roteiro para bicicletas
Paulo Guerra dos Santos vai pedalar por Portugal Foto Pedro Catarino

Depois de o ano passado ter percorrido 4.500 km pelo País para promover a mobilidade ciclável, este professor e Mestre em Vias de Comunicação de 28 anos enceta agora o projecto 'Ecovias de Portugal'.

A ideia é facilitar a vida dos amantes do BTT e cicloturismo, sinalizando, em mapa e em GPS, as vias de reduzido tráfego automóvel ou só para bicicletas, onde se pode pedalar em segurança. O roteiro vai ainda elencar informações úteis, como números de emergência, localização de oficinas de bicicleta, pontos de interesse turístico, ou onde comer e dormir.

O percurso que Paulo Santos ontem iniciou entre Lisboa e Monsaraz será a Ecovia n.º 1. "Vou pedalar cerca de 200 km em seis dias com paragens em Vila Franca de Xira, Coruche, Mora, Arraiolos e Évora. Por dia farei troços de cerca de 30 km, uma distância ao alcance de qualquer um", disse ao CM. Já tem reuniões marcadas com as autarquias por onde passará, bem como com clubes de BTT e cicloturismo, dos quais espera receber contributos sobre os melhores percursos de cada região: "O roteiro vai ser positivo para as regiões porque agregará a oferta turística que está dispersa". O objectivo é abranger todo o País dentro de dois anos.

"Na última década, houve uma explosão do BTT e cicloturismo e se houver informação sobre os melhores caminhos mais pessoas vão aderir. Os tempos de crise também fazem as pessoas reequacionar o que gastam em transporte e a bicicleta é um meio económico, faz bem à saúde e fica a conhecer-se muito melhor os sítios por onde se passa", diz este apaixonado das duas rodas, que usa sempre a bicicleta para se deslocar em Lisboa, até mesmo quando vai sair à noite.

Em termos de apoios, Paulo Santos teve apenas a oferta da bicicleta por parte de uma loja e de um computador Magalhães, cortesia da empresa JP Sá Couto: "O Magalhães vai dar jeito porque é fácil de transportar e posso fazer os registos".

A viagem até Monsaraz pode ser acompanhada no site http://www.ecovias.pt.vu/ ou no Facebook, em 'Ecovias de Portugal'.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!