Sub-categorias

Notícia

Pena suspensa para comerciante acusado de fraude com bebidas

Réu foi condenado a entregar ao Estado mais de 19 mil euros.
19.05.17
Pena suspensa para comerciante acusado de fraude com bebidas
Tribunal de Coimbra Foto CMTV
Um comerciante de Condeixa-a-Nova, principal arguido de um caso de fraude com bebidas alcoólicas, foi hoje condenado pelo Tribunal de Coimbra a uma pena de prisão de três anos e quatro meses, suspensa por igual período.

O réu foi ainda condenado a entregar ao Estado mais de 19 mil euros e a uma multa de 200 dias à taxa diária de 10 euros.

O irmão, outro dos principais protagonistas, foi condenado a uma pena de prisão de dois anos, suspensa por igual período, a pagar ao Estado mais de 17.800 euros e a uma multa de 200 dias à taxa diária de 10 euros.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub