Sub-categorias

Notícia

Peritos dizem que SIRESP está "baseado em tecnologia ultrapassada" e "obsoleta

Investigação dos fogos de Pedrógão Grande aponta defeitos capitais do sistema de comunicações.
Por Lusa|12.10.17
O SIRESP está "baseado em tecnologia ultrapassada" e "obsoleta", tendo sido "notório a falha" deste sistema de comunicações e das redes móveis no incêndio de Pedrógão Grande, segundo o relatório da comissão independente divulgado esta quinta-feira.

"A rede SIRESP [Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal] foi objeto de críticas relativas à sua eficácia. A destruição pelo fogo de algumas das suas ligações e a inexistência de soluções de redundância com a mesma qualidade colocaram dúvidas relativas à solidez da rede", refere o relatório da comissão técnica independente para analisar os fogos de junho na região Centro e entregue esta quinta-feira na Assembleia da República.

O documento explica que, nos "mega-incêndios" de Pedrógão Grande e de Góis, "as falhas de comunicações do SIRESP foram sendo colmatadas transitoriamente com o recurso às redes móveis públicas e ROB" (Rede Operacional dos Bombeiros), que permitiram "superar pontualmente as ineficiências da rede SIRESP".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub