Sub-categorias

Notícia

"Curandeira" da Guarda detida por burlar doentes em consultas

Detida é suspeita de ter burlado uma vítima, entre setembro de 2014 e maio de 2016.
Por Lusa|13.07.17
Uma mulher "curandeira", com 53 anos, foi detida pela Polícia Judiciária (PJ) da Guarda pela alegada prática do crime de burla qualificada, foi esta quinta-feira anunciado.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, a detida é suspeita de ter burlado uma vítima, entre setembro de 2014 e maio de 2016, "lesando-a em cerca de 200.000 euros".

A fonte refere que a mulher, "referenciada como curandeira", na sequência de consultas para tratamento de uma doença da vítima, "por meio de engano que astuciosamente provocou, determinou-a a entregar-lhe várias quantias em dinheiro".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub