Sub-categorias

Notícia

Professores contestam metas curriculares

A proposta do Governo de metas curriculares para o Ensino Básico (do 1º ao 9º ano), que fixa conhecimentos mínimos a serem atingidos pelos alunos ano a ano, está a ser muito contestada.
02.07.12
Professores contestam metas curriculares
Alunos do 1.º ano vão ter de saber ler 55 palavras por minuto. Docentes criticam mecanização Foto Edgar Martins

A Associação de Professores de Matemática (APM) fala mesmo em "retrocesso inqualificável". "As metas esvaziam o novo programa, que está a acabar de ser implementado. Se o objectivo é acabar com o programa, assumam", disse ao CM Elsa Barbosa, presidente da APM, acrescentando: "Vamos ficar com dois documentos antagónicos, o que irá provocar confusão."

A dirigente aponta como exemplo que no programa há objectivos a atingir "por ciclo de ensino e não por ano", frisando que "os alunos aprendem a várias velocidades".

Também para a Associação de Professores de Português (APP) as metas curriculares têm "um desfasamento em relação ao programa, porque não estão estruturadas com base em competências", o que irá "gerar confusão aos professores". Filomena Viegas, da APP, não concorda, por exemplo, que se fixem mínimos de velocidade de leitura (55 palavras por minuto no 1º ano): "O programa não está orientado para essa mecanização. Ler é decifrar mas também compreender. E pode-se ser mais lento".

A imposição de uma lista de livros obrigatórios "é outro desfasamento em relação ao programa, que propunha um referencial de textos e os professores depois escolhiam os mais adequados ao trabalho com os alunos". "Se esta espécie de índice de leitura obrigatória passar a ser avaliada nos exames, os professores vão acabar por se confinar a estes textos", receia Filomena Viegas, que lembra que o novo programa de Português entrou em vigor em 2011 e só em 2014 estará generalizado a todos os anos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
19 Comentários
  • De zacarias09.09.12
    incrivelmente no nosso ensino não havia objectivos mínimos para cada ano, os professores contestam os objectivos ou que existam objectivos? parece que sempre que se fala de objectivos os professores contestam
    Responder
     
     0
    !
  • De 18.07.12
    Intelectualidades... Opinião deve ser séria e manifestação do conhecimento. A educação está no abismo. Os nossos filhos são alvos da omissão dos EE, da ignorância governativa e da falta de respeito pelos professores
    Responder
     
     0
    !
  • De Paula Rodrigues17.07.12
    Tanta opinião leviana, sem qualquer conhecimento da realidade! Que falta de respeito pelos professores! Que tal pensarmos primeiro e corrigirmos os nossos erros,inclusive ortográficos?! Que vergonha!
    Responder
     
     0
    !
  • De João13.07.12
    Se calhar também haverá metas para a Educação Física. Provavelmente vão exigir que o aluno faça os 100 metros em 30 segundos. E como conseguirá um aluno de pé boto conseguir essa meta? Nunca, direi eu. O que lhe fazer?
    Responder
     
     0
    !
  • De ana04.07.12
    E em vez desta palhaçada d ensino, q tal ensinar práticas de vida?!Para poder preparar alunos para a vida profissional, afetiva.. Haver uma disciplina de cultura geral?! Muitos valores se perdem à custa do péssimo ensino
    Responder
     
     4
    !