Sub-categorias

Notícia

Proibição da captura de bivalves gera queixas

Medida abrange todas as espécies e vigora em toda costa de Aljezur e parte de Vila do Bispo.
Por José Carlos Eusébio|07.12.17
Proibição da captura de bivalves gera queixas
Interdição quase contínua da apanha de bivalves na Costa Vicentina prolonga-se desde o mês de maio Foto Pedro Noel da Luz
A zona costeira de Aljezur e parte da de Vila do Bispo, até ao cabo de São Vicente, é a única do País que se encontra atualmente sujeita à interdição total de captura de bivalves para comercialização e consumo. A situação está a gerar o descontentamento de populares e mariscadores da Costa Vicentina.

A interdição foi decretada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), entidade que tem a competência para efetuar as análises para detetar a presença de toxinas nos bivalves. Mas, segundo consta do comunicado disponibilizado pelo IPMA no seu site, o motivo para a proibição de captura nesta zona da Costa Vicentina resulta da amostra estar "indisponível".

O CM tentou obter esclarecimentos sobre o assunto junto do IPMA, mas não obteve qualquer resposta.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub