Sub-categorias

Notícia

PSD estranha momento político escolhido para demissões e questiona razões

Carlos Abreu Amorim questiona porque é que uma atitude mais drástica não foi tomada há um ano.
Por Lusa|09.07.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O deputado do PSD Carlos Abreu Amorim manifestou a "enorme estranheza" do partido pelo momento político em que ocorreram este domingo as exonerações de três secretários de Estado, questionando o Governo sobre "o que está na sua origem".

"O PSD queria manifestar antes de mais a sua enorme estranheza pelo momento político em que estas demissões destes três secretários de Estado são conhecidas. De facto, nós não compreendemos o que é que se alterou desde há um ano a esta parte", começou por dizer o deputado.

Numa reação à notícia da aceitação pelo primeiro-ministro da exoneração de três secretários de Estado, o social-democrata assinalou que para o partido "o PSD diz que as razões éticas, morais e políticas que existiam há um ano para a eventual demissão dos governantes que estavam envolvidos nas viagens ao Euro pagas pela Galp mantêm-se exatamente da mesma forma hoje".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub