Sub-categorias

Notícia

Quase 700 mulheres vítimas de crimes sexuais em 2016

Associação de Mulheres contra a Violência denuncia falta de apoio.
Por Lusa|26.11.16
  • partilhe
  • 4
  • +
Quase 700 mulheres vítimas de crimes sexuais em 2016
Foto Getty Images

Quase 700 mulheres foram vítimas de crimes sexuais em 2016, de acordo com dados da PSP e da GNR, enquanto a Associação de Mulheres contra a Violência denuncia a ausência em Portugal de um apoio específico para estas pessoas.

Quando se assinalou o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, os dados da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) mostram que, em média, todos os dias há mulheres vítimas de crimes sexuais em Portugal.

Em resposta a um pedido da agência Lusa, a PSP adiantou que até ao dia 23 de novembro contabilizou 475 crimes sexuais contra mulheres, entre 61 violações e 414 crimes contra a liberdade e a autodeterminação sexual, o que inclui coação sexual, fraude sexual ou lenocínio, de acordo com o Código Penal.

Quer isto dizer que, desde 01 de janeiro até ao dia 23 de novembro, houve, em média, 1,44 mulheres vítimas de um qualquer crime sexual.

Entre as 61 violações registadas pela PSP, as mulheres mais novas (2) tinham 18 anos, enquanto a mulher mais velha tinha 78 anos. Já nos crimes contra a liberdade e a autodeterminação sexual, a mulher mais velha tem 94 anos, sendo que a maioria das vítimas (266) tem entre 18 e 40 anos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub