Sub-categorias

Notícia

Queixas contra falta de meios aéreos

Populações assustadas dizem que os meios desapareceram, só voltando a ser observados quando as chamas estavam já descontroladas.
Por Paula Gonçalves e Manuela Guerreiro|18.06.17
Queixas contra falta de meios aéreos
Populações criticam a falta de resposta dos meios aéreos, que terão surgido no eclodir das chamas para depois desaparecerem dos céus Foto Paulo Cunha / Lusa
As populações insurgiam-se ontem contra aquilo que consideravam a falta de meios aéreos para combater as chamas que vitimaram 24 pessoas.

Conforme o Correio da Manhã ouviu no terreno, populares lamentavam o facto de terem observado meios aéreos logo ao início da tarde, quando o fogo irrompeu, pelas 14h30, e que, dizem, depois deixaram de ser observados.

Contam que os meios só voltaram a ser vistos ao final da tarde, quando as chamas já estavam descontroladas. Pelo menos um helicóptero foi visto nos céus. A queixa não foi confirmada pelo secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub