Sub-categorias

Notícia

Recém-nascido morto atirado ao lixo em mala

Menino tinha duas feridas que se suspeita terem sido infligidas para lhe provocar a morte.
Por Sérgio A. Vitorino|18.04.17
O cadáver de um recém-nascido, que tinha dois golpes que se suspeita terem sido infligidos para lhe provocarem a morte, foi esta segunda-feira descoberto, ao início da tarde, num caixote de lixo na rua principal do bairro da Boavista, em Lisboa, a apenas 40 metros de uma esquadra da PSP. O corpo, que estaria no interior de uma mala, foi recolhido para autópsia, que deverá esclarecer as circunstâncias e a causa da morte.
Recém-nascido encontrado no lixo em bairro de Lisboa

Segundo explicaram ao CM vários moradores que viram o cadáver, o bebé aparentava estar em final de gestação e tinha ainda agarrado o cordão umbilical e parte da placenta. Já tinha cabelo e dava para ver que era menino. "Ao lado do corpo estava uma mantinha. O bebé tinha dois golpes, no dorso e numa perna, ambos do lado direito", explicou Liliana Martins, uma das primeiras pessoas a ver o corpo e avisar a PSP.

"O primeiro foi um vizinho que veio despejar o lixo e aproveitou para tentar tirar um ferro para a sucata. Ficou em choque ao encontrar o menino e correu a avisar-nos. Fomos confirmar e depois dirigimo-nos à esquadra", disse Liliana Martins.

Fonte oficial da PSP confirmou ao CM que o alerta chegou à esquadra às 12h45. O local foi isolado e o óbito confirmado. A delegada de saúde chegou ao local pelas 15h00 e elementos da perícia científica da PSP recolheram vários indícios. O caixote do lixo foi depois removido para o interior da esquadra da Belavista e o bebé retirado. Foi embrulhado num pequeno lençol e transportado pelos elementos da automaca da PSP para o Instituto Nacional de Medicina Legal.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub