Sub-categorias

Notícia

Responsável de IPSS de Braga condenada por burla tributária e coação grave

Associação foi condenada a multa de três mil euros.
04.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +
Responsável de IPSS de Braga condenada por burla tributária e coação grave
Foto CMTV
O Tribunal Judicial de Braga condenou a três anos de prisão, com pena suspensa, a responsável da Associação de Solidariedade Social Jardim-de-Infância 31 de Janeiro, daquela cidade, pelos crimes de burla tributária e de coação grave.

Em nota publicada esta segunda-feira na sua página na Internet, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto acrescenta que a associação foi condenada a multa de 3.000 euros.

Estas penas foram aplicadas após a repetição do julgamento, decretada pelo Tribunal da Relação de Guimarães, após recurso dos arguidos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub