Sub-categorias

Notícia

Saída do PDE deve-se à luta por políticas distintas das do anterior Governo

Coordenadora do BE defendeu que a saída se deve à determinação dos que lutaram por políticas diferentes.
Por Lusa|17.06.17
  • partilhe
  • 0
  • +
A coordenadora do Bloco de Esquerda defendeu esta sexta-feira que a saída de saída de Portugal do Procedimento por Défice Excessivo (PDE) se deve à determinação dos que lutaram por políticas diferentes das que foram seguidas pelo anterior Governo.

"Aqueles que disseram sempre que os cortes tinham de ser permanentes, nos salários e nas pensões, aqueles que sempre disseram que subir o salário mínimo nacional era uma irresponsabilidade que criaria desemprego, aqueles que sempre utilizaram a palavra reforma como sinónimo de corte, seja dentro de portas, seja na União Europeia, vêm agora dizer que há até bons resultados por causa do rumo do anterior Governo e que esse rumo deve ser seguido", disse Catarina Martins, em Sesimbra.

A bloquista falava perante cerca de meia centena de apoiantes na apresentação do cabeça-de-lista do BE às eleições autárquicas para a Câmara de Sesimbra, Adelino Fortunato.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Portugal

“Só via bolas de fogo  por todo o lado”

“Só via bolas de fogo por todo o lado”

Celestina Costa, vendedora de peixe, foi apanhada pelas chamas na EN236 e abrigou-se na carrinha refrigerada. Depois ajudou outras pessoas que foram cercadas pelo fogo.

Portugal

PJ cerca bando dos mails

PJ cerca bando dos mails

Todos os envolvidos nas trocas de mails divulgados pelo FC Porto estão na mira da investigação da PJ e do DIAP: do lado do Benfica, da arbitragem e da Liga de Clubes.

pub