Sub-categorias

Notícia

Saiu de precária para roubar casas

Vaga de roubos nos distritos de Aveiro e Viseu. Suspeito cumpria pena por assaltos
13.01.14
  • partilhe
  • 0
  • +
Saiu de precária para roubar casas
Homem cumpre pena no Estabelecimento Prisional da Guarda e saiu numa precária Foto Nuno Andre Ferreira

A cumprir uma pena de cinco anos de prisão por furtos, Paulo Domingues Costa, de 41 anos, não regressou há duas semanas à cadeia da Guarda, após uma saída precária. Durante esse período, o assaltante, conhecido por Paulo ‘Rato', lançou-se numa verdadeira vaga de assaltos nos distritos de Aveiro e Viseu. Foi anteontem à noite apanhado pela GNR em Macieira de Cambra, Vale de Cambra. Vai regressar à prisão para cumprir o resto da pena. Depois, será julgado pelos novos assaltos.

Assim que teve conhecimento de que Paulo ‘Rato' não regressou à cadeia, a GNR ligou rapidamente o ladrão à vaga de crimes registados nos dois distritos. Registaram-se mais de dez furtos a casas, furtos de combustível e diversos assaltos a estabelecimentos comerciais. Nos últimos dias, os militares tentavam encontrar o fugitivo. Paulo chegou a ser avistado dentro de um carro, junto com a mulher e o filho menor por um guarda que estava à civil. O militar à civil desconhecia que estava em fuga, mas sabia que não tinha carta de condução. O assaltante abalroou duas vezes o carro do guarda e escapou.

Anteontem, a GNR cercou-o dentro de uma viatura. Tentou fugir, mas foi capturado.



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
4 Comentários
  • De Joao de Abreu14.01.14
    enviem este Relatório aos Psicólogos/as das Prisões.....e mandem para casa mas é os fraudolentos a pagar 100 €uros/dia que passam na cadeia e 50€uros quando forem para casa com pulseira electrónica....
    Responder
     
     0
    !
  • De ztfcad14.01.14
    Afonso, explica lá isso melhor, sff.
    Responder
     
     0
    !
  • De Barbosa14.01.14
    Se já sabem o vício que o gajo tem no sangue, porque razão o deixam vir cá pra fora?
    Responder
     
     0
    !
  • De Afonso Salgueiro13.01.14
    Salvo melhor opinião, uma precária tem mais interesse para quem lha concede se dela resultar o regresso ao crime.
    Responder
     
     1
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub