SEQUESTRO DÁ SEIS ANOS DE PRISÃO

Dois cidadãos de nacionalidade russa foram condenados ontem a seis anos e seis meses de prisão por terem sequestrado e extorquido dinheiro a um empresário de Leiria.
28.02.04
  • partilhe
  • 0
  • +
Durante o julgamento, os arguidos, com 35 e 40 anos, assumiram a autoria dos crimes constantes na acusação, mas disseram ter agido a mando de um terceiro indivíduo, ligado às máfias de Leste.
O Tribunal deu como provados “todos os factos da acusação” e julgou improcedente a alegação dos imigrantes, por considerar não terem existido indícios que foram vítimas de coacção.
No acórdão proferido ontem, o colectivo de juízes deu como provado que os arguidos entraram em casa do empresário, em Dezembro de 2002, espancaram-no e deixaram-no amarrado. Depois, exigiram a transferência de 50 mil euros para uma conta bancária na Rússia, sob ameaça de fazerem mal à família da vítima.
O empresário ainda fez um depósito de três mil euros, mas os suspeitos foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ) poucos dias depois. Um dos inspectores da PJ, disse em sede de julgamento que a acção deste grupo pode ser apenas o começo de uma série de crimes semelhantes.
Com base na matéria provada, os arguidos foram condenados a dois anos e seis meses de prisão pelo crime de roubo sob a forma tentada, a um ano de prisão por sequestro e a quatro anos e seis meses de prisão pela extorsão.
Feito o cúmulo jurídico, os indivíduos irão cumprir uma pena de seis anos e seis meses de prisão efectiva. A Defesa não pretende recorrer do acórdão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!